Fique atento ao Glaucoma

/
Fique-atento-ao-Glaucoma_3
O glaucoma é uma doença ocular capaz de causar cegueira se não for tratada a tempo
 
Na última sexta-feira, 26 de maio, foi celebrado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma, segunda maior causa de cegueira irreversível no mundo. Estima-se que entre 2% e 3% da população brasileira acima de 40 anos possam ter a doença, segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO). É uma doença crônica que não tem cura, mas, na maioria dos casos pode ser controlada com tratamento adequado e contínuo. Doenças como diabetes, hereditariedade, miopia e lesões oculares são as principais causas do glaucoma.
 
O Presidente do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), Homero Gusmão, respondeu as principais duvidas sobre a patologia e alertou que o glaucoma é uma doença pra toda vida, como muitas outras – e precisa de cuidados especiais. Veja abaixo:
 
1-O que é Glaucoma?
Basicamente, o glaucoma é uma pressão intraocular elevada, que leva a lesão do nervo ótico. Quanto mais precoce for o diagnóstico, maiores serão as chances de se evitar a perda da visão. Para isto, você deve consultar seu oftalmologista regularmente. Durante a consulta, ele fará ou solicitará diversos exames que poderão diagnosticar o glaucoma, tais como: exame do fundo do olho, medida da pressão intraocular e exame de campo visual.
2- Quais são os sintomas?
São vários os tipos de glaucoma. Existem os crônicos de ângulo aberto, agudos e glaucomas secundários a outras doenças oculares. O glaucoma crônico não tem sintomas (ângulo aberto), pois só surgem quando a doença está no estágio final. Os agudos surgem com dores intensas e perturbação visual.
3- É hereditário?
Ele tem componente hereditário, mas são vários genes envolvidos. Existe uma tendência que faz com que parentes tenham maiores chances de desenvolver. Na população geral, ao longo da vida, a chance gira em torno de 2%. No caso de parente de primeiro grau, a incidência é 10 vezes maior.
4- Tem cura? Qual o tratamento?
Glaucoma não tem cura, tem controle. Qualquer que seja o tratamento, mesmo cirúrgico ele não é uma cura, o panorama pode se modificar, mas sob controle. São vários os tipos de tratamentos, geralmente se inicia com colírios. A maioria dos glaucomas é equilibrada com colírio. A segunda opção, em casos de certos tipos, o laser é indicação. A cirurgia é indicada quando não existe controle. Varia de cada caso e tipo.
5-Existe prevenção?
Não existe. O que existe é prevenção da cegueira pelo glaucoma que é feito com tratamento e cuidado adequado.
6- Qual é a pressão intraocular normal e qual a relação com o Glaucoma?
Embora existam glaucomas em que a pressão intraocular não está elevada (glaucoma de pressão normal) a regra é a presença de uma pressão elevada. Cada organismo é de um jeito. Em geral o limite superior é em torno de 20 e 21 milímetros. A normal varia de 8 a 21.
7- Existe um tempo determinado para a pessoa portadora de glaucoma perder a visão?
O tempo da perda visual vai variar de acordo com cada tipo de glaucoma e com cada indivíduo. Vai depender muito dos cuidados adequados, e lembrar que cada pessoa é única. Se a pessoa cuidar adequadamente, nas mãos de um bom profissional, a chance de perder a visão é mínima.
8- Quando se faz cirurgia de glaucoma?
Geralmente quando os outros componentes (colírios e laser) não controlam a doença.
9- Quais são os tipos de cirurgia?
Cirurgias consistem em promover uma drenagem do líquido do olho (humor aquoso). A cirurgia consiste em fazer um canal alternativo para saída desse líquido, que faz aumentar a pressão ocular. Pode ser com próprio tecido do olho ou válvulas que são implantadas (em certos casos específicos).
10- Qual a porcentagem de brasileiros com Glaucoma?
A incidência varia enormemente com a idade. A população geral em torno de 2%, após os 60 anos em torno de 5% e após 80, já sobe para 8%.
Compartilhe
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Um homem em uma cadeira de rodas
Uncategorized

Dia Global da Acessibilidade

Getting your Trinity Audio player ready… O Dia Global da Acessibilidade, celebrado anualmente na terceira quinta-feira de maio, é uma data significativa dedicada a promover o acesso e a inclusão

Homem cego em uma palestra sobre e-learning
Uncategorized

Acessibilidade Digital em E-Learning

Getting your Trinity Audio player ready… A evolução do e-learning trouxe inúmeras oportunidades educacionais para estudantes ao redor do mundo, mas também destacou a necessidade crucial de acessibilidade digital. Acessibilidade